Canonização de José de Anchieta

Publicado em: 2 de abril de 2014

Após mais de 400 anos de espera, nesta quinta-feira (03), o beato José de Anchieta será canonizado pelo Papa Francisco, no Vaticano. Através de um decreto papal, Anchieta, um dos mais importantes religiosos da história da Igreja Católica brasileira e conhecido como o Apóstolo do Brasil, será proclamado Santo.

A confirmação da canonização aconteceu em fevereiro deste ano após uma reunião entre o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Santo Padre. Na ocasião o presidente da CNBB, Cardeal Raymundo Damasceno Assis, explicou que o Papa optou por uma cerimônia simples para a canonização, que consistirá apenas na assinatura de um decreto.

Entretanto, no dia 24 de abril o Pontífice celebrará uma Missa em Ação de Graças pela canonização do Beato. A comemoração acontece em Roma, na Igreja de Santo Inácio Loyola, símbolo da ordem dos jesuítas.

Para comemorar a canonização do beato José de Anchieta, Igrejas de todo o Brasil irão tocar os sinos na próxima quarta-feira (02) às 9h da manhã. A convocação foi feita pela CNBB.

“José de Anchieta deixou marcas profundas no início da colonização do Brasil, como também na sua evangelização. Eu creio que ele mereça ser cultuado por toda a Igreja”, ressaltou o Cardeal Damasceno, no momento em que anunciou a canonização do missionário.

Rede Século 21

 

Fonte: Pastoral